Vida Cristã

21/01/2016 | Artigos, Pastores e Líderes de Jovens

Nenhum Comentário

6 coisas que impedem o crescimento do seu ministério de jovens

Eu sempre fui muito curioso sobre o crescimento do ministério de jovens. Sempre quando não tenho algo muito importante para fazer eu começo a olhar para alguns ministérios de jovens e procuro saber o que eles fizeram que deu certo. Com as minhas experiências (boas e ruins) eu criei essa lista com algumas coisas que impedem que o seu (e o meu) ministério de jovens possa crescer.

Antes disso você deve saber que podemos medir o crescimento de ministério de jovens em três áreas.

Propósito: Seus jovens estão sendo desafiados a viverem uma vida nova com Deus, centrada na presença e nos propósitos dele?

Saúde: Seu ministério está crescendo numericamente e, principalmente, espiritualmente?

Desenvolvimento: Seus jovens estão se transformando em pessoas melhores e mostrando o modelo de viver de Jesus para pessoas não convertidas?

crescimento-ministerio-de-jovens

Tendo dito isso, vamos para a lista de algumas coisas que impedem o crescimento do seu ministério. Algumas coisas são bem pessoais, que eu experimentei no meu próprio ministério.

1 – Copiar um ministério de jovens bem sucedido – É uma excelente ideia aprender com outros ministérios de jovens, mas há um limite no que devemos fazer de igual aos outros ministérios. Provavelmente quando você tentar copiar um ministério ele não irá ser do mesmo jeito por inúmeras razões. A localidade dos ministérios é diferente, a cultura também, os pastores, os líderes e até mesmo os jovens são diferentes. Isso sem contar que os planos de Deus para os ministério são diferentes. Quando você copia um ministério você está esquecendo de uma parte importante do sucesso ministerial: As experiências boas e ruins. Foram essas coisas que moldaram o ministério ao ponto de ele ser copiada. E essas experiências não podem ser copiadas.

2 – Fazer o mesmo tipo de evento – Uma vez em nossa igreja fizemos um evento muito legal sobre improvisação. Nossos jovens adoraram e compareceram em peso. Menos de um mês depois repetimos o evento e o resultado foi…. desastroso. O número caiu drasticamente e os jovens não se divertiram tanto assim. Em se tratando de ministério de jovens você tem que diversificar (Isso não significa usar todas as táticas possíveis), mas variar eventos algumas vezes para não cair na mesmice. É por isso que o filme Lagoa Azul virou um símbolo da mesmice. Ninguém quer ter um ministério lagoa azul não é mesmo?

3 – Esquecer do evangelismo – Esse é um erro bem  normal até. Algumas vezes ficamos tão sobrecarregados com nossos jovens, nossas programações e tudo mais que acabamos esquecendo que como líderes de jovens devemos evangelizar. O ministério de jovens que não evangeliza está fadado ao enfraquecimento. Nossos jovens devem ser estimulados a fazerem evangelismo e a trazerem outros jovens para presença de Deus. Eles farão isso quando forem tomados pela presença do Espírito Santo e estimulados pelos seus líderes (NÓS) a viverem uma vida diferenciada do povo fora da igreja.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A SÉRIE “RESGATE” QUE VISA AUXILIAR NO DESENVOLVIMENTO EVANGELÍSTICO DOS SEUS JOVENS

4 – Sobrecarga de informações – Uma vez eu li o livro “Um Ministério de Jovens com Propósitos” e….UAU, aquele livro abriu minha mente. Eu tinha feito centenas de anotações, projetos, mapas e uma infinidade de coisas. Fui tão impactado pelo livro que quis desenvolver um novo projeto para os meus jovens. E eu descarreguei TODAS aquelas informações para meus jovens em um pouco mais de 1 hora. No momento em que falava pude perceber a cara de incompreensão de alguns e estranheza de outros.

Quando você traçar uma linha de ação para o seu ministério de jovens vá os informando aos poucos. Tente simplificar para eles da melhor maneira possível. Onde há confusão não há crescimento, só há um bando de pessoas batendo a cabeça.

5 – Não olhar o lado bom e ruim do seu ministério – Como líder de jovens é o seu dever saber os pontos fortes e fracos do seu ministério. Pare um minuto agora e pense: “Qual é o ponto forte do meu ministério? Como eu posso usar isso para auxiliar no crescimento do meu ministério? Quais são os pontos fracos do meu ministério? Como eu posso inverter essa situação?”

Imagine que o ponto forte do seu ministério sejam os eventos, mas o ponto fraco seja a evangelização. Uma vez que você tomou conhecimento disso você pode começar a usar os eventos para auxiliar no crescimento do seu ministério. Imagine que você faça um evento e de quebra ainda consiga evangelizar. Viu só? Você pegou o ponto forte do seu ministério e o usou para ajudar uma área fraca. Por pior que seja a sua situação eu tenho certeza que seu ministério tem um ponto forte. E por melhor que seja a sua situação eu também tenho certeza que seu ministério tem um ponto fraco. Analise-os

PROMOÇ~~AO

6 –Esquecer das necessidades dos seus jovens – Quais são as preocupações dos seus jovens? Do que eles têm medo? Quais são suas ambições? Em minhas pesquisas percebi que os ministérios de jovens que realmente crescem são aqueles que conseguem falar ao coração dos jovens. São aqueles que conseguem comunicar as angústias e medos que os jovens têm. Por exemplo: Muitos ministérios sequer falam sobre sexo com seus jovens (MUDE ESSE CENÁRIO NO SEU MINISTÉRIO CLICANDO AQUI). Vamos falar sério: Você acha que seu jovem não quer saber nada sobre sexo? Outros não falam sobre amizades no mundo ou sobre como devem se comportar dentro de uma escola ou faculdade.

Comece a prestar atenção em quais são as dúvidas e medos dos seus jovens. Você pode saber disso através de uma conversa informal ou de uma checagem no facebook deles.

E para você? O que impede o crescimento de um ministério de jovens?

seminario solteiros box


Entre em contato