Vida Cristã

01/11/2018 | Estudos para jovens


Não coloque sua fé na política

Após o término das eleições nós sempre temos dois lados: Um com muita esperança de que o próximo governo vai mudar as coisas ou, pelo menos, não irá atrapalhar. E o outro com medo de que a situação vá piorar cada vez mais. Cristãos sempre ficam em um desses dois extremos. É incrível como a cada eleição nossos sentimentos de mudança, revolução e novidade desabrocham enquanto elencamos motivos para votarem em nosso candidato. Não há nada de errado nisso. É bom nos interessarmos pela política e procurarmos um candidato que pensamos ser melhor para o Brasil.

O problema está justamente quando colocamos a nossa esperança nesse candidato. Diretamente (ou não) se ele não for eleito, então enfrentaremos o caos completo. Sem ele, nosso país não terá jeito. Ou, o nosso candidato é o único que não vai nos atrapalhar. Eu tenho certeza que você já ouviu (ou até mesmo falou) algo parecido com isso de todos os lados do espectro político (esquerda, direita e centro).

Em 2 Crônicas nós temos uma história parecida com isso.

Roboão foi a Siquém, onde todos os israelitas tinham se reunido para proclamá-lo rei. Assim que Jeroboão, filho de Nebate, que estava no Egito fugindo do rei Salomão, soube disso, voltou de lá. E mandaram chamá-lo. Então ele e todo o Israel foram ao encontro de Roboão e disseram: “Teu pai colocou sobre nós um jugo pesado, mas agora diminui o trabalho árduo e este jugo pesado, e nós te serviremos”.

2 Crônicas 10: 1-4

Perceba que as pessoas ficaram esperançosas com a troca de um novo rei. Elas esperavam que a carga delas diminuísse e foram apelar para o novo rei que se ele diminuísse o jugo que o próprio pai do novo rei havia colocado, eles o serviriam.

Você não percebe nenhuma busca por Deus da parte dessas pessoas. Eles estavam sofrendo e viram na posse de um novo rei uma chance para que as situações delas mudassem. Elas colocaram suas esperanças não em Deus, mas em uma pessoa.

O resultado? Nós vemos um pouco a frente.

Três dias depois, Jeroboão e todo o povo voltaram a Roboão, segundo a orientação dada pelo rei: “Voltem a mim daqui a três dias”.
Mas o rei lhes respondeu asperamente. Rejeitando o conselho das autoridades de Israel,
seguiu o conselho dos jovens e disse: “Meu pai lhes tornou pesado o jugo; eu o tornarei ainda mais pesado. Meu pai os castigou com simples chicotes; eu os castigarei com chicotes pontiagudos”.

2 Crônicas 10:12 – 14

Mais adiante vimos que isso era da vontade de Deus, mas é interessante notar o quanto nós até hoje ficamos esperançosos com autoridades políticas e indiretamente esquecemos de colocar nossa fé em Deus. O que as pessoas descobriram era que aquele rei não iria trazer alívio, mas sim ainda mais dor. O que nós temos que aprender é que somente em Jesus nós podemos encontrar alívio. É Ele que diminui o nosso jugo (Mateus 11.28-30).

O que fazer após as eleições?

Independente se o seu candidato ganhou ou não, tenha a certeza de algumas coisas.

1 – Devemos saber que Deus é soberano – Nada acontece fora dos planos de Deus e isso inclui até mesmo as eleições. Devemos sempre, independente da situação, pedirmos perdão para Deus e buscarmos o arrependimento enquanto nação.

2 – Devemos saber que Deus pode controlar a vontade de políticos (tanto para o bem quanto para o mal) – Vemos em Êxodo que por diversas vezes foi o próprio Deus que endureceu o coração do faraó para que este não libertasse Seu povo. E por que Deus fez isso? Para trazer mais glória para Ele. Deus ainda faz isso. A Palavra ainda diz que Ele controla o coração de reis como se fosse um rio (Provérbios 21:1). Isso significa que Deus pode usar qualquer político para cumprir seus propósitos.

3 – Devemos depositar nossa fé e esperança em Cristo Jesus – Só Ele é capaz de resolver o nosso principal problema – o pecado. É nEle ainda que temos o nosso jugo diminuído e encontramos alívio e significado para as nossas vidas. Isso não quer dizer que você deve ser um alienado politicamente, mas só que a sua esperança e alegria devem estar nEle.



Entre em contato