Vida Cristã

08/07/2016 | Sociedade, Vida Cristã

Nenhum Comentário

O que fazer quando você é falsamente acusado?

Todos nós já passamos por isso. Estamos vivendo nossa vida tranquilamente, fazendo planos e cuidando das nossas coisas quando escutamos o boato. Não é qualquer boato, é um boato sobre nós, sobre a nossa vida. Pior do que isso, o boato é falso.

Em algum momento das nossas vidas nós vamos passar por isso. Nós vamos ser acusados de algo que não fizemos. Talvez seja uma história de que você ficou com alguém, quando na verdade não ficou. Talvez seja o boato de que você saiu para tal lugar, quando na verdade você não saiu ou de que fez tal coisa, quando na verdade você não fez.

E vamos falar a verdade: Essa situação é horrível. É horrível saber que estão falando uma mentira de você e que estão julgando você por algo que você não fez. Uma vez falaram para a minha mãe que eu estava literalmente caindo de bêbado na rua. Eu fiquei tão bravo. “Como alguém pode mentir tanto assim, mesmo sabendo que vai me prejudicar?”. Mas o que devemos fazer nessas situações?

falsamente acusado

Mantenha a calma

Eu sei o quão frustrante pode ser estar nessa situação, mas confie em mim: Você não vai tomar as decisões mais inteligentes com a cabeça quente. Pelo contrário, as chances são de você falar/fazer alguma estupidez porque está extremamente bravo com a situação.

Entregue seus problemas para Deus

“Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês” 1 Pedro 5:7

Nessas situações é fácil olharmos para Deus e acharmos que Ele não está cuidando de nós ou questionarmos sobre o motivo de um Deus bom deixar essas coisas acontecerem. Mas o que nós temos que entender é que Deus não pode ser culpado pelas ações individuais das pessoas. Esse é o livre-arbítrio. As pessoas podem fazer o que quiserem de suas vidas, mas terão que colher, eventualmente, aquilo que plantaram.

O que nós devemos fazer é entregar esses problemas para Deus. Pedir para que Ele nos guie, para que Ele conforte nossos corações e para que Ele nos defenda. Você pode ter um exército inteiro de pessoas te defendendo, mas ainda assim não seria nada comparado com o cuidado de Deus. Então fale com Deus sobre o que te preocupa e deixe que Ele cuide de você.

Se explique com quem você deve se explicar

Por pior que as falsas acusações e boatos podem ser, talvez algumas pessoas perto de nós se machuquem. Nossos pais, pastores, líderes, professores e amigos. Então se você acha que alguma dessas pessoas pode se ferir com essas acusações, chame-as num canto e esclareça calmamente o seu lado da história. Vamos dizer que estão espalhando que você bebeu quando na verdade não fez isso. Chame seus pais e esclareça que alguém está criando esse boato, mas que você não fez. Eles irão apreciar sua honestidade e irão confiar mais em você.

Não tenha raiva de quem falou mal de você

É fácil nesses momentos ficarmos com raiva das pessoas que criaram essas coisas. Eles são falsos, mentirosos, caluniadores e não se preocupam conosco. Eles também criaram situações desconfortáveis e inúmeros problemas para nós. No entanto, eles não fizeram nada que nós já não fizemos. Eles erraram sim, mas nós também já não erramos? Então nós devemos perdoar essas pessoas. A única oração que Jesus nos deixou fala sobre isso.

Vocês, orem assim: ‘Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia. Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém’. Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas”.

Mateus 6:9-15

Viu só? “Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores”. Em outras versões nós encontramos “Perdoais as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido”. As duas coisas estão juntas. Para Deus nos perdoar nós devemos perdoar também. O próprio Jesus diz isso depois ao afirmar “Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas”.

Eu espero realmente que esses passos ajudem você a amenizar os problemas que essas falsas acusações podem estar te causando.


  • Edyjanes Angelo da Silva

    ja paguei hoje amigo o kit basico!


Entre em contato